Hangar X-10 do GEEV
São José dos Campos 06 de dezembro de 2007

Este hangar conta toda a História da pesquisa aeronáutica do CTA. Aqui foram projetados e estudados:  Convertiplano (de decolagem vertical), o helicóptero Beija-flor e o turbo-hélice Bandeirante (para citar os mais famosos). Os dois últimos tiveram seus protótipos ensaiados em vôo e o último foi o estopim para a construção da primeira indústria aeronáutica brasileira.

A criação do GEEV, projetado a partir da reestruturação do CTA, exigiu que o setor de manutenção de suas aeronaves tivesse um maior espaço disponível para a execução de seu importante trabalho da aviação. Como este hangar era o maior de todos, ele foi escolhido para abrigar os aviões que ficam em manutenção.